Pular para o conteúdo principal

Postagens

O que é Montanhismo?

Não restam dúvidas que a palavra Montanhismo seja aquela que mais utilizamos aqui no Blog e nas nossas redes sociais. Mas curiosamente talvez seja Montanhismo a palavra que menos compreendemos ou fazemos compreender aos nossos leitores...
Mas afinal de contas, o que é Montanhismo?


Construindo a Ideia...
Antes de compreendermos o que é Montanhismo é conveniente abordarmos a Montanha sob a ótica do Montanhismo. Diferindo um pouco da corrente majoritária das academias, a caracterização de uma montanha no Montanhismo dá-se basicamente pela sua altitude acima do nível do mar. Assim, altitudes de até 3000m englobam as baixas e médias montanhas; e acima de 3000m as altas montanhas. Mas é conveniente também destacar que é mais comum entre os praticantes considerar alta montanha somente altitudes acima de 4000m. 
Isto posto, conceitualmente Montanhismo é a ação individual ou coletiva que visa alcançar o topo de uma ou mais montanhas. Entretanto, esta é uma definição por demais simplista; uma v…
Postagens recentes

Serra dos Poncianos e Selado em Monte Verde

A Serra dos Poncianos e a Serra do Selado constituem serras locais e pontos significativos da Mantiqueira; localizadas na divisa dos Estados de Minas Gerais e São Paulo, próximas ao Distrito de Monte Verde, município de Camanducaia, no Sul de Minas Gerais. Com altitudes em torno de 2000m é portanto um trecho fundamental a todo Montanhista que deseja conhecer e vivenciar um pouco mais da grandiosa Mantiqueira. Há por ali interessante e acessível circuito!
O Distrito de Monte Verde é amplamente conhecido no meio turístico. O principal visitante do lugar é aquele que busca um pouquinho do clima de montanha, mas não dispensa uma boa dose de conforto; que é facilmente encontrado no lugar. Mas há também espaço para aquele mais aventureiro que prefere sumir pelas serras do entorno na tentativa de fugir do intenso movimento naquele Distrito durante o inverno. Mesmo ciente de que isto é quase impossível, este era o nosso objetivo...

► Confira outros dois relatos dessa região; ambos mais antig…

Nome é coisa séria!

Os nomes das regiões, lugares, acidentes geográficos, rios, riachos, cachoeiras, trajetos e rotas são marcas importantes de um povo. Constituem um patrimônio, construído ao longo dos anos, décadas e até séculos. Podem originar de um hábito, uma atividade, da presença constante de um animal, das características naturais; e até mesmo de fatos culturais, religiosos, curiosos e históricos; dentre outros.
O que há de mais interessante nesses nomes é que, em sua maioria, apresentam forte relação com a vivência dos moradores locais. E quanto mais caracteristicamente rural é uma região, maior é essa correlação; muitas vezes marcada pela espontaneidade.
Pelas nossas andanças sempre nos deliciamos com a multiplicidade de nomes. Alguns  são simples; outros complexos... Outros variam conforme o linguajar local, sendo por isso mesmo os mais curiosos. Encontramos muitos nomes referenciando a santos, uma prova da forte catolicidade popular! E sempre topamos com uma estrutura campeã: aquela de nomea…

Cemitério do Peixe-Fechados

Como é do conhecimento dos amigos montanhistas, há muitos caminhos pelo Espinhaço Mineiro. Sem dúvidas esta é uma das regiões que concentra o maior número de Travessias de todo o Brasil. Um desses caminhos é a Travessia Cemitério do Peixe-Fechados; uma rota pouco realizada e que percorre o trecho norte da cumeada da Serra do Cipó, localizada na borda oeste do Espinhaço. Foi a Travessia que escolhemos para realização no feriado do Trabalhador 2017. Apesar de ser uma rota que tranquilamente se possa levar a cabo em 2 dias, optamos em realizá-la em 3 dias, um modo de melhor vivenciar os lugares e aproveitar o feriadão prolongado por um lugar tão bonito....